Aulas de exatas são legais, sim!

Com criatividade, é possível transformar matemática e física em matérias divertidas.

As aulas de Matemática e Física nem sempre agradam a todos. Muitos alunos não conseguem acompanhar o conteúdo, e outros perdem o foco com facilidade. Assim, o desinteresse toma conta da turma e acaba atingindo os alunos que, antes, se empolgavam com a matéria.

As principais dúvidas desses alunos são: por que estou aprendendo isso? Quando vou usar isso na vida?

Entre no cotidiano do aluno

Uma das chaves para o sucesso do ensino de exatas é despertar a curiosidade dos alunos com situações-problemas baseadas no cotidiano deles. Como exemplos, você pode usar a mesada e os gastos que eles têm, a luz chegando na sala de aula, a frequência que o controle remoto emite.

Contextualize a teoria

Outra tática é, antes de explicar uma teoria ou fórmula matemática,  apresente a história por trás dessa descoberta científica. Conte aos alunos de forma leve e didática quem desenvolveu, onde, quando e por que essa teoria é tão importante para a Ciência.

Sempre que puder, experimente

Às vezes, só ilustrar não basta, É preciso mostrar a teoria em funcionamento. Ver, tocar, sentir e testar ajuda os alunos a de fato compreenderem, e não apenas decorarem o conteúdo. Além do mais, a sua aula ficará mais divertida.

Inclua jogos no seu material

Jogos podem ser seus aliados na hora de fazer os alunos se concentrarem. O Tangram auxilia no estudo da geometria e o Sudoku estimula o raciocínio, por exemplo. Há também jogos de tabuleiro e outras atividades manuais com material reciclado.

Aproveite essas dicas para instigar a curiosidade dos alunos e mostrar a eles que as exatas são tão interessantes quanto as outras disciplinas. Passe a mensagem de que o essencial é compreender o que está por trás de fórmulas e números.

Blog
Google Plus
Slideshare
Boletim
Cadastre-se no site e receba novidades sobre a Editora.
Notícias | ver mais +